o que são criptomoedas

O QUE SÃO CRIPTOMOEDAS E COMO FUNCIONAM

O que são criptomoedas, como funcionam e porque estão se tornando cada vez mais famosas?

As moedas digitais são uma realidade cada vez mais difundida no mundo e não tem mais retorno, esse é o futuro que se tornou o presente.

Se você ainda não sabe o que são ou tem dúvidas, te contamos desde o início tudo sobre o Criptoverso.

Índice

O que são criptomoedas e como funcionam ?

Afinal de contas, o que são criptomoedas?

São moedas digitais baseadas na tecnologia Blockchain, e são  independentes de regras e leis de qualquer governo.

A moeda virtual usa a criptografia para garantir a segurança de suas transações. A criptografia é usada para regular a liberação de unidades monetárias e para verificar as transações financeiras.

Os detentores das criptomoedas podem fazer movimentações dessas moedas virtuais de uma rede ponto a ponto, e permanecerem anônimos.

As transferências de moeda ocorrem por meio de chaves públicas e privadas.

Cada transação é um arquivo que inclui as chaves públicas do remetente e do destinatário, bem como o valor da moeda transferida. A transação também requer que o remetente confirme a transferência com uma chave privada.

Atualmente, existem várias criptomoedas disponíveis que estão ganhando uma grande fração do crescimento econômico do mundo online.

O que são criptomoedas

Criptomoedas são confiáveis?

Nos últimos anos, descobrimos que os governos de muitos países estão tentando lançar suas próprias moedas virtuais, portanto, não devemos ter dúvidas sobre a confiabilidade das moedas digitais baseadas na tecnologia blockchain.

De acordo com muitos especialistas, a criptografia é melhor do que a moeda fiduciária (papel-moeda).

Inclusive, é por isso que os bancos estão na corrida para implementar a tecnologia de blockchain em seus sistemas bancários.

Vantagem da criptomoeda sobre a moeda fiduciária

A criptografia é muito melhor do que a moeda fiduciária. Existem muitos motivos para provar que a criptografia é melhor.

  • Não há limite para enviar, receber ou armazenar
  • Sem limitação de localidade
  • Não há necessidade de fornecer documentos
  • Não há necessidade de terceiros para efetuar uma transação
  • Taxas baratas para enviar de país para país
  • Podemos armazená-las em carteira offline, bem como em carteira online
  • Requer apenas uma conexão com a Internet para operar e nenhuma papelada necessária
  • As transações permanecerão públicas para todos
  • Você tem privacidade, ou seja, não tem ninguém metendo o nariz no nosso dinheiro

Criptomoedas: Legal ou ilegal?

Bem, isso depende de onde você está. Depende de como o seu governo enxerga as criptos, e te darei 3 tipos de países:

No primeiro tipo estão incluídos os países que legalizaram oficialmente a criptomoeda, o melhor exemplo é o Japão.

No segundo tipo, estão incluídos os países que proibiram oficialmente o uso de criptomoedas, o melhor exemplo é Bangladesh.

E no terceiro tipo de país, há quem não tenha regra. Por um lado, eles querem impostos do usuário da criptomoeda e, por outro lado, eles não têm nenhuma regra para o uso da criptografia.

E também alertam as pessoas para não usarem criptografia, o melhor exemplo para esse tipo de país é a ÍNDIA.

Qual é o futuro da criptomoeda?

O futuro das criptomoedas é muito promissor porque elas não são apenas uma forma de pagamento, mas são melhores do ponto de vista de obter lucro, negociando (compra / venda) com moeda FIAT.

Atualmente, poucos países baniram a criptografia e poucos ainda não têm regra, mas, ainda assim, esses países estão pesquisando se devem torná-la legal ou não, porque todos os outros países desenvolvidos a regulamentaram com melhores regras de regulamentação para que as pessoas pode usar criptomoeda muito bem.

Vantagens das criptomoedas para um país

Todos os países que legalizaram a criptomoeda estão obtendo enormes lucros com os usuários da criptografia.

As pessoas que fazem comércio estão pagando impostos ao governo.

O governo que permite que até mesmo lojas locais aceitem criptomoedas, impulsiona os seus cidadãos a usarem cada vez mais a criptografia e com isso, pagam mais impostos ao governo.

Muitos grandes serviços como hotéis 5 estrelas e companhias aéreas também aceitam criptomoedas, então podemos entender o quanto é melhor para o público usar seu próprio dinheiro e ajudar sua nação pagando impostos em criptografia.

Com a legalização da Crypto, as pessoas podem espalhar seus negócios em todo o mundo facilmente, desta forma o mundo inteiro pode ser integrado facilmente para crescer com melhor desenvolvimento econômico.

Por que existem tantas criptomoedas?

Neste ano de 2020, existem mais de 5.300 criptomoedas sendo negociadas no mercado.

Isso é mais do que todos os diferentes tipos de moedas fiduciárias do mundo. A pergunta que muitas pessoas fazem é:

Por que existem tantas? Há alguns anos atrás, existia somente o Bitcoin. Agora temos uma criptomoeda em praticamente todos os setores da economia.

Todas essas criptomoedas tem o objetivo de alavancar a tecnologia Blockchain.

Ela estão aí para revolucionar diversas áreas como, por exemplo, finanças, saúde, privacidade e segurança, energia, armazenamento de dados,  suprimentos e logística, pagamentos, e tantas outras.

Temos também criptomoedas que possuem uma função de utilidade. Este é um grupo de criptos que funcionam como uma infraestrutura. 

Isto é, elas permitem que outras criptomoedas sejam construídas em cima de suas redes. O melhor exemplo é o Ethereum.

O Ethereum Virtual Machine, permite a criação de várias moedas token em sua rede. Explicarei mais sobre este grupo em outro post.

Qualquer pessoa que conheça o funcionamento da tecnologia Blockchain, pode utilizá-la para desenvolver a sua própria moeda virtual. 

Satoshi Nakamoto foi o primeiro a usar a tecnologia Blockchain para criar o Bitcoin. Mas logo depois, outros desenvolvedores perceberam que também poderiam explorar a mesma tecnologia para desenvolver uma versão melhor a original. 

E assim, especialistas como o ex-engenheiro do Google, Charlie Lee, ajudaram a criar a Litecoin, uma das primeiras altcoins. 

E não parou com ele. Logo, uma avalanche de novas moedas surgiram, todas tentando construir algo semelhante ou melhor do que o Bitcoin.

Investimento de alto retorno

Uma outra explicação do porque existem tantas criptomoedas está relacionada ao enorme sucesso obtido pelo Bitcoin e algumas altcoins. 

Quando o Bitcoin foi criado, poucas pessoas prestaram atenção. Não tinha valor e muitos o desconsideraram ou nem se preocuparam em descobrir o que era.

No entanto, seu valor continuou a se valorizar ao longo dos anos. Mesmo Ethereum era quase inútil até o início de 2017. Isso apesar dos retornos massivos que aqueles que investiram no token Ether receberam.

Em 2017, o Bitcoin e quase todas as outras altcoins explodiram. As pessoas se tornaram milionárias da noite para o dia.

E, de repente, todos sabiam o que estava acontecendo. 

 

Não sacou muito bem o que é Bitcoin, ou já sabe mas ainda tem dúvidas? Então não perca o post que fala tudo sobre o Bitcoin, está imperdível!

Tags: No tags

One Response

Deixe O Seu Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *